Correção: Movile compra dona do Maplink e Apontador

Correção: A nota anterior estava incorreta. A Movile investiu R$ 36 milhões e de não dólares. Segue abaixo texto corrigido.

CAMILO ROCHA, Estadão Conteúdo

26 de setembro de 2014 | 13h20

A Movile, empresa brasileira criadora de aplicativos para dispositivos móveis, anunciou um investimento de R$ 36 milhões na LBS Local, proprietária das ferramentas de localização Apontador e MapLink. A LBS Local conta com 20 milhões de usuários e 10 milhões de estabelecimentos cadastrados, de acordo com a assessoria da Movile.

Com a compra, a empresa tem como objetivo alavancar o crescimento do Apontador, popular opção de busca local no Brasil. A empresa quer que isso aconteça em duas frentes: usuários e pequenos negócios, que podem usar a plataforma para atingir potenciais clientes.

Para a empresa, o Apontador serve como fomentador de estabelecimentos que não têm site, como marceneiros e pequenos comerciantes.

Mas a localização é só o começo do que poderá ser feito no Apontador. ?Dentro de um ano, a expectativa é que, além da busca, você possa pedir orçamento ou até comprar pelo aplicativo?, explica a assessoria da Movile, que estima um crescimento de até 200% para a plataforma.

No caso do Maplink, o foco será a ampliação de seu alcance para a América Latina e o investimento em uma nova plataforma de logística. Na semana passada, a Movile assumiu o controle da iFood, plataforma de serviços de entrega de comida.

Tudo o que sabemos sobre:
MovileMaplinkApontador

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.