Correção: NY abre atenta à confiança do consumidor

A nota publicada às 11h32 continha um erro no horário do discurso de William Dudley. O presidente do Federal Reserve de Nova York vai falar às 17h45, e não às 5h45 como informado. Segue o texto corrigido.

Agencia Estado

25 de fevereiro de 2014 | 12h01

Os índices futuros das bolsas de Nova York operam perto da estabilidade, sugerindo que os mercados à vista vão se comportar da mesma forma na abertura, enquanto os investidores aguardam dados sobre a confiança do consumidor e falas de dirigentes do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA). Às 11h25 (de Brasília), no mercado futuro, Dow Jones tinha queda marginal de 0,01%, enquanto Nasdaq subia 0,02% e S&P 500 recuava 0,05%.

O principal dado previsto hoje nos EUA é o índice de confiança medido pelo Conference Board, às 12h (de Brasília). Economistas pesquisados pela Dow Jones Newswires preveem que o indicador mostrou recuo em fevereiro, a 80,1, após atingir 80,7 em janeiro, o maior nível em cinco anos.

Além disso, o diretor do Fed Daniel Tarullo vai fazer pronunciamento durante conferência de política econômica, a partir das 12h10 (de Brasília), e o presidente do Fed de Nova York, William Dudley, fará discurso sobre a estabilidade financeira global em evento na Nova Zelândia, às 17h45 (de Brasília).

No noticiário corporativo, a Home Depot subia mais de 1,9% no pré-mercado em Nova York após publicar de balanço. Embora o lucro da Home Depot tenha caído levemente no quarto trimestre, o resultado superou a expectativa. Além disso, a varejista norte-americana aumentou o pagamento de dividendos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
bolsas de valores

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.