Cosan reverte perda e tem lucro líquido de R$ 104,1 mi

A Cosan relatou lucro líquido de R$ 104,1 milhões no segundo trimestre de 2014, e reverteu prejuízo de R$ 201,5 milhões de igual período de 2013, segundo balanço da companhia divulgado nesta quarta-feira. No período de seis meses de 2014, o lucro líquido chegou a R$ 360,3 milhões, também revertendo o prejuízo do mesmo intervalo do ano passado, em R$ 174,4 milhões.

GUSTAVO PORTO, Estadão Conteúdo

13 de agosto de 2014 | 21h50

O Ebitda da Cosan entre abril e junho ficou em R$ 881,4 milhões, alta de 6,5% sobre o mesmo período de 2013, quando o resultado atingira R$ 827,7 milhões. O Ebitda acumulado no primeiro semestre atingiu R$ 1,907 bilhão, ante R$ 1,739 bilhão nos seis primeiros meses de 2013.

A companhia destaca, no balanço, o crescimento de 9% no volume vendido pela Raízen Combustíveis, a alta de 16% no Ebitda da Raízen Energia, para R$ 478 milhões no segundo trimestre deste ano, o aumento de 10% no total de clientes da Comgás, bem como a alta de 13%, para 2,2 milhões de toneladas, do volume elevado pela Rumo Logística. Destacou ainda o ganho de 75% nas vendas de propriedades da Rumo.

Tudo o que sabemos sobre:
Cosanbalanço

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.