CVM absolve 92 acusados de operações ilegais

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) absolveu, por unanimidade, em julgamento realizado hoje, os 92 acusados no Processo Administrativo Sancionador nº 23/00. O Colegiado julgou não haver provas suficientes para condenação. Segundo nota divulgada pela CVM, o objeto do processo foi a suposta ocorrência de práticas ilegais em negócios realizados nos mercados à vista e de opções, na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) e na Bolsa de Valores do Rio de Janeiro, de 1995 a 1997, envolvendo fundos de pensão.

AE, Agencia Estado

25 de maio de 2010 | 19h56

Entre os fundos estavam a Ceres - Fundação de Seguridade Social dos Sistemas Embrapa e Embrater, a Fundação de Assistência Social do BNDES-Fapes, a Fundiágua - Fundação de Previdência dos Empregados da Caesb e a Fundação Copel de Previdência e Assistência Social.

Tudo o que sabemos sobre:
operaçõesaçõesopçõesfundosCVM

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.