CVM dá prazo adicional para empresas reapresentar informativos trimestrais de 2010

Comissão de Valores Mobiliários resolveu fazer a alteração em função de dificuldades enfrentadas pelas companhias abertas com o cumprimento da data

Agência Estado,

25 de janeiro de 2011 | 11h22

A Comissão de Valores Mobiliários (CVM) editou hoje a Deliberação nº 656 que amplia o prazo para as companhias abertas reapresentarem os seus informativos trimestrais (ITR) de 2010 e 2009, com a plena adoção das normas de 2010. O novo prazo é até a data da apresentação do primeiro ITR de 2011.

O colegiado da CVM resolveu fazer a alteração em função de dificuldades enfrentadas pelas companhias abertas com o cumprimento do prazo. A Deliberação nº 656 altera a de nº 603, que permitiu que as companhias abertas apresentassem os ITR de 2010 conforme as normas contábeis vigentes até 31 de dezembro de 2009, determinando, no entanto, a reapresentação desses ITR ajustados às normas de 2010, pelo menos até a data da apresentação das demonstrações financeiras deste ano.

Segundo a CVM, as companhias abertas que usarem a nova data estão obrigadas a incluir, nas suas demonstrações financeiras do exercício iniciado em 2010, uma nota explicativa evidenciando, para cada trimestre, os efeitos no resultado e no patrimônio líquido decorrentes da plena adoção das normas de 2010.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.