CVM suspende oferta de ações da Universidades Hotel

O colegiado da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) determinou a suspensão imediata de oferta irregular de ações da Universidades Hotel Campinas I S/A. Segundo informações da autarquia, a empresa convocou coletiva de imprensa, ontem, para anunciar o lançamento do "Universidades Hotel", empreendimento que seria viabilizado com recursos de vendas de ações. O site da empresa (www.universidadeshotel.com.br) também oferece informações a respeito do investimento na companhia, com menção à forma de negociação das ações de sua emissão e a sua suposta valorização, destacando, ainda, que o empreendimento "está sendo construído com recursos oriundos de vendas de ações e não, como na maioria dos casos, de vendas de apartamentos, quartos ou outros".A Universidades Hotel Campinas I S/A, sediada em Campinas, interior de São Paulo, não tem registro de companhia aberta, o que caracteriza o procedimento irregular.A oferta, afirma a CVM, estaria sendo intermediada pela "Home Hunters Assessoria Imobiliária e Serviços" que seria, de acordo com as informações veiculadas no site da empresa ofertante, a responsável direta e exclusiva pela negociação das ações. Essa empresa também não está autorizada pela CVM para o exercício da atividade de distribuição.As duas empresas, seus administradores e sócios estão impedidos de realizar ofertas públicas de ações sem os registros necessários e o não-cumprimento dessa determinação implica multa diária de R$ 5 mil.A Universidades Hotel Campinas I S/A tem como sócio e administrador o Sr. Cláudio Santos, que também é apontado como sócio da Construtora Kota Engenharia, empresa responsável pela construção do hotel. A Home Hunters, por sua vez, tem o Sr. Luiz Alberto Sauan como gerente de negócios.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.