Dado considerado importante pelo BC americano é foco do mercado

São Paulo, 31 de agosto - Os investidores recebem hoje mais um dado para compor suas previsões sobre o próximo passo do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA) com relação à taxa de juros americana. O índice de preços com gastos pessoais (PCE) é o dado mais observado pelo Fed para analisar a inflação e com isso tomar suas decisões. Assim, se o dado não vier em linha com as estimativas, pode ter forte impacto nos mercados, nesses tempos de preocupação quanto ao desaquecimento da economia dos Estados Unidos. Para o Brasil, também está prevista a divulgação de um dado importante: o PIB do segundo trimestre. EUA/Inflação - O Departamento do Comércio dos EUA divulga às 9h30 (horário de Brasília) os dados de renda pessoal e gastos com consumo de julho, acompanhados pelo índice de preços com gastos pessoais (PCE). Em junho, a renda pessoal cresceu 0,6%, os gastos com consumo tiveram alta de 0,4% e o PCE subiu 0,2%. IBGE/PIB - O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulga às 9h30 o PIB brasileiro do segundo trimestre. As estimativas são de alta de 0,6%, contra alta de 1,39% no primeiro trimestre. EUA/Discursos - O presidente do Federal Reserve (Fed, banco central dos EUA), Ben Bernanke, fala sobre produtividade durante conferência no Instituto de Liderança para Desenvolvimento Econômico e Comunitário Clemson, em Greenville (Carolina do Sul), às 13h30 (de Brasília). Às 14 horas (de Brasília), o presidente do Fed de St. Louis, William Poole, fala sobre o tema "entendendo o Fed" durante evento em Dyersburg (Tennessee). EUA/Indústria - Às 11 horas (de Brasília), a associação dos gerentes de compras de Chicago divulga seu índice de atividade industrial regional de agosto. Economistas prevêem uma desaceleração para 57,0, ante 57,9 em julho. Às 12 horas (de Brasília), o Federal Reserve (banco central dos EUA) de Kansas City divulga seu índice de atividade industrial regional de julho. EUA/Encomendas - O Departamento do Comércio dos Estados Unidos divulga às 11 horas o indicador de encomendas à indústria em julho. Economistas prevêem uma queda de 1,0%. Em junho, as encomendas subiram 1,2%. EUA/Desemprego - Às 9h30 (de Brasília), o Departamento do Trabalho divulga o número de pedidos de auxílio-desemprego feitos na semana até 26 de agosto. Na semana até 19 de agosto foram feitos 313 mil pedidos, mil a menos do que na semana precedente. EUA/Gás - Às 11h30 (de Brasília), o Departamento de Energia divulga o nível dos estoques norte-americanos de gás natural na semana até 25 de agosto EUA/Moeda - Às 17h30 (de Brasília), o Federal Reserve (banco central dos EUA) divulga os dados da oferta monetária na semana até 25 de agosto.

Agencia Estado,

31 de agosto de 2006 | 07h00

Tudo o que sabemos sobre:
agenda

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.