Dado de gasolina afeta e petróleo tem menor nível no ano

Os contratos futuros de petróleo estenderam as perdas na sessão desta quarta-feira, 17, com o WTI (negociado em Nova York) atingindo o menor nível no ano, devido à preocupação dos investidores com a queda na demanda por gasolina.

TALITA FERNANDES, Agencia Estado

17 de abril de 2013 | 17h21

O contrato futuro de petróleo com entrega para maio, caiu US$ 2,04 (2,30%) e fechou a US$ 86,68 por barril na New York Mercantile Exchange (Nymex), menor patamar no ano. O petróleo do tipo Brent para junho caiu US$ 2,22 (2,22%), encerrando a US$ 97,69 por barril na plataforma ICE.

O Departamento de Energia (DoE, na sigla em inglês), divulgou que a demanda por gasolina caiu 1,1%, para 8,3 milhões de barris na semana encerrada em 12 de abril, o menor nível para essa semana em 16 anos. "A demanda está enfraquecendo e, ao olharmos para os dados econômicos das últimas semanas, sabemos o que vai acontecer", disse Carl Larry, presidente do Oil Outlooks and Opinions, um boletim de energia.

"A demanda, especialmente na Europa, vai continuar fraca", afirmou Andy Lipow, presidente da Lipow Oil Associates, uma consultoria de Houston. "Isso e a estagnação da economia nos EUA estão pesando sobre o mercado."

Analistas do BNP Paribas foram os últimos observadores do mercado a reduzir as previsões de preço do petróleo, citando a recente inversão nas cotações. Eles baixaram a média do WTI para US$ 95 por barril, de US$ 100. As previsões de preço do petróleo do tipo Brent foram reduzidas de US$ 115 para US$ 108 por barril, embora existam prognósticos de que os valores possam se recuperar no fim do ano. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
petróleofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.