De olho em balanços de empresas, NY tem alta modesta

O mercado norte-americano de ações opera com os principais índices em alta modesta, com os investidores fazendo uma pausa depois de três sessões consecutivas de altas. O foco está nos informes de resultados de empresas no primeiro trimestre.

AE, Agencia Estado

17 de abril de 2014 | 14h44

Segundo Erik Davidson, do Wells Fargo Private Bank,, a temporada de divulgação de balanços "está meio que dividida. Os lucros não têm sido notáveis, mas também não tem sido decepcionantes".

Os indicadores divulgados nesta quinta-feira, 17, nos Estados Unidos não tiveram impacto no mercado. O número de pedidos de auxílio-desemprego ficou em 304 mil na semana passada, com crescimento de 2 mil em relação à semana anterior; o índice de atividade industrial regional do Fed de Filadélfia subiu a 16,6 em março, nível mais alto desde setembro de 2013, de 9,0 em março.

Entre os destaques da sessão estão as ações de empresas que divulgaram resultados do primeiro trimestre, entre elas IBM (-3,1% há pouco), Google (-3,2%), UnitedHealth (-2,8%), American Express (-1,3%), General Electric (+2,2%), DuPont (-1,0%), PepsiCo (+1,0%). Morgan Stanley (+3,5%), Goldman Sachs (+0,2%) e SanDisk (+10,1%).

Em seu dia de estreia, as ações da plataforma de rede social chinesa Weibo subiam há pouco 17,5% em relação ao preço da oferta inicial.

Às 14h31 (de Brasília), o índice Dow Jones subia 10 pontos (0,07%), para 16.435 pontos; o Nasdaq subia 16 pontos (0,41%), para 4.103 pontos; o S&P-500 subia 4 pontos (0,24%), para 1.866 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Bolsas de valoresNYbalanços

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.