Fábio Motta/Estadão
Fábio Motta/Estadão

Demanda por viagens aéreas recua 0,8%

Levantamento da Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear) mostra queda por dois meses consecutivos

Beth Moreira, O Estado de S. Paulo

27 Outubro 2015 | 13h08

SÃO PAULO - A demanda doméstica por viagens aéreas recuou 0,8% em setembro deste ano na comparação com igual mês do ano passado, segundo levantamento divulgado nesta terça pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que reúne os dados das principais companhias aéreas brasileiras (TAM, Gol, Azul e Avianca). Segundo a entidade, este é o segundo mês consecutivo de queda na demanda doméstica.

A oferta, por sua vez, apresentou redução de 1,9% no mês passado. Com isso, a taxa de ocupação ficou em 79,58%. O total de passageiros transportados em setembro foi de 7,8 milhões, 1,8% acima do mesmo mês do ano anterior.

Em termos de participação de mercado, medida pela demanda por RPK (passageiro-quilômetro transportado), a TAM voltou a aparecer na liderança em setembro, com 37,40%, superando a Gol, com 34,36%. Em seguida vem a Azul, com  17,78%, e Avianca, com 10,46%.

Ao final do terceiro trimestre de 2015, a aviação doméstica acumula um avanço de 2,38% na oferta e um aumento de 3,32% na demanda. A taxa de ocupação teve ligeira alta de 0,73 ponto porcentual, ficando em 80,24%. Já são 71,5 milhões de passageiros transportados até o momento, crescimento de 2,94% sobre os mesmos nove meses de 2014.

Internacional. No mercado internacional, a demanda cresceu 14,37% em setembro frente ao mesmo mês do ano passado. Já a oferta foi ampliada em 20,50%, levando a taxa de ocupação a baixar  4,41 pontos porcentuais para 82,25%.

No segmento internacional a TAM ficou com 79,93% do mercado em setembro, enquanto a Gol ficou com 13,10%. Azul chegou a 6,91%, enquanto Avianca teve participação inferior a 1%. No segmento, as empresas brasileiras embarcaram juntas 632 mil passageiros no mês, 16,75% acima de setembro do ano passado.

No acumulado do ano, a oferta internacional registra alta de 16,35% e a demanda, de 14,70%. A taxa de ocupação caiu 1,17 ponto porcentual, para 81,38%. O total de passageiros transportados chega a 5,5 milhões, avançando 16,21% no período.

Cargas. No que diz respeito ao transporte de cargas, o segmento doméstico movimentou 28,5 mil toneladas de bens em setembro. O número é 9,72% inferior ao registrado em setembro de 2014. No internacional, a quantidade foi de 16,1 mil toneladas transportadas no mês, alta de 15,61%. 

Mais conteúdo sobre:
Abeardemandavoos

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.