Dia de volatilidade no mercado cambial

Feriado em São Paulo impede o dólar comercial de seguir uma tendência definida

Olívia Bulla, da Agência Estado,

25 de janeiro de 2011 | 10h38

O dólar comercial abriu em leve alta, de 0,12%, cotado a R$ 1,674, em um dia que deve ser marcado pela baixa liquidez, devido ao feriado municipal em São Paulo. Em seguida, a divisa passou para o campo negativo, chegando a atingir a mínima a R$ 1,671. Às 16h20, o dólar operava estável, a R$ 1,672. Segundo operadores, a expectativa é de que a moeda norte-americana oscile entre ligeiras altas e baixas, com a fraca liquidez provocando distorções nos negócios.

Para os especialistas, as operações locais devem acompanhar o sinal entre as moedas negociadas no exterior. A queda do Produto Interno Bruto (PIB) do Reino Unido no quarto trimestre de 2010, de 0,5%, contrariou a previsão de alta de 0,4% e passou a pesar sobre as moedas europeias.

No Brasil, o Itaú Unibanco anunciou na noite de segunda-feira que sua emissão de notas subordinadas com vencimento em 2021 será no valor de US$ 250 milhões, à taxa fixa de 5,75%. O preço de oferta foi de 97,353%, resultando em retorno aos acionistas de 6,108%.

Texto atualizado às 16h20

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcâmbiocomercialBM&F

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.