Discurso de Obama leva bolsas da Ásia para o alto

Esforço do presidente norte-americano para tentar uma solução que não seja a invasão da Síria levou otimismo para os mercados

11 de setembro de 2013 | 07h01

Os mercados de ações asiáticos fecharam em alta nesta quarta-feira, com positivos resultados de indicadores da China e com a atenuação dos temores sobre uma ação militar na Síria.

Na terça-feira, a Síria disse que deve parar de fabricar armas químicas e revelar a localização de seus estoques, em uma tentativa de evitar um ataque militar contra o país.

Os temores de um ataque militar dos EUA contra a Síria pesou sobre o sentimento do mercado nas últimas semanas, mas a possibilidade crescente de uma solução diplomática nesta semana tem contribuído para ganhos substanciais para os mercados globais.

Em um discurso televisionado na terça-feira à noite, o presidente dos EUA, Barack Obama, aumentou as esperanças de que uma solução pode não necessitar de um ataque militar. Obama afirmou que pediu ao Congresso que adie a votação sobre a ação. Ele também pediu que o secretário de Estado, John Kerry, se reúna com o seu homólogo russo.

Com a amenização dos temores, o índice S&P/ASX 200, da Bolsa de Sydney, fechou em alta de 0,6% aos 5.234,40 pontos e se aproximou do nível mais alto em cinco anos, de 5.249,6 pontos, alcançado em meados de maio. Já o índice Kospi, da Coreia do Sul, subiu 0,5%, para 2.003,85 pontos.

As ações australianas também foram ajudadas por uma série de dados econômicos positivos da China, o principal consumidor de recursos naturais do país. A China anunciou um forte crescimento das exportações em agosto e uma aceleração da produção industrial. Ambas as medidas reforçaram a perspectiva de uma recuperação na maior economia da Ásia, levando a ganhos em ações da região.

Os sinais de uma recuperação mantiveram as ações na China continental em terreno positivo. O índice Xangai Composto subiu 0,2%, para 2.241,27 pontos, embora o índice Hang Seng, de Hong Kong, tenha caído 0,2%, para 22.937,14 pontos, com realização de lucros. O índice Shenzhen Composto perdeu 1,0% e encerrou o pregão aos 1.034,52 pontos.

O índice Taiwan Weighted fechou estável aos 8.208,99 pontos. Nas Filipinas, o índice PSEi fechou em alta de 2,1%, aos 6.214,90 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
ásiabolsas

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.