Divergências levam presidente da Nike a renunciar

William Perez, presidente-executivo da Nike, uma das maiores fabricantes mundiais de produtos esportivos, renunciou ao cargo após pouco mais de um ano na função. Sua decisão foi motivada pelas divergências com o fundador do grupo, Philip Knight. Perez afirma, em comunicado, que ele e Knight ?não estavam totalmente alinhados em como levar da melhor maneira o crescimento a longo prazo da empresa. Os interesses da empresa seriam mais bem atendidos com a minha saída?. Perez está sendo substituído por Mark Parker, de 50 anos, até então vice-presidente da Nike e que está no grupo desde 1979.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2006 | 09h33

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.