Dólar à vista abre em alta, negociado a R$ 2,146

A taxa de câmbio registra leve alta no começo do pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). Às 9h15, o primeiro negócio foi fechado com o dólar à vista valendo R$ 2,146, valorização de 0,13% em relação ao final da quinta-feira. No mercado interbancário, o dólar comercial também abriu em R$ 2,146. O mercado doméstico de câmbio continuará regido hoje por acontecimentos externos, dentre eles o relatório sobre vagas de trabalho nos EUA. Um indicador doméstico também merece destaque: a pesquisa sobre produção industrial brasileira referente ao mês de novembro, a ser divulgada esta manhã pelo IBGE. Ontem à tarde, especulações sobre a possibilidade de um estouro na produção das indústrias em novembro mexeu com o mercado de juros. Se as suspeitas se confirmarem poderá haver respingos também nos negócios com dólar. Caso contrário, o foco voltará imediatamente a ser a economia dos EUA, que é a maior preocupação do câmbio no mercado doméstico. Os mercados internacionais mostram cautela esta manhã, enquanto aguardam os dados dos EUA. As bolsas européias operam em baixa moderada e os índices futuros das Bolsas de Nova York também estão em queda no pregão eletrônico.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.