Dólar à vista no balcão segue exterior e opera em alta

Clima de maior desconfiança e cautela nos mercados fortalece o dólar ante as principais divisas nesta terça-feira

Agência Estado

24 de setembro de 2013 | 10h22

SÃO PAULO - O dólar à vista abriu em alta ante o real nesta terça-feira, 24 seguindo o movimento observado no exterior. O clima de maior desconfiança e cautela nos mercados fortalece o dólar ante as principais divisas nesta terça-feira.

Por volta de 11h07, o dólar à vista no balcão estava em alta de 0,36%, a R$ 2,2080. Na máxima do dia, chegou a R$ 2,2120 e, na mínima, a R$ 2,2040.

Pesam no humor dos investidores, dúvidas sobre a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos, especialmente após a surpresa com a decisão do Fed de mantê-los, além de preocupações com a situação fiscal do país. "Mas realmente não há nada de diferente que justifique essa procura maior pelo dólar hoje", comentou há pouco um operador de banco em São Paulo.

Leilão diário

O Banco Central (BC) vendeu todos os 10 mil contratos de swap cambial com vencimento em 3 de fevereiro de 2014, que colocou à disposição do mercado. O swap cambial é uma operação que equivale à venda de dólares no mercado futuro e na operação de hoje somou US$ 497,5 milhões.

Esta operação faz parte do programa de leilões diários no mercado cambial anunciado no dia 22 de agosto e que conta com operações de swap de segunda a quinta-feira, no valor de US$ 500 milhões cada, além de leilão de linha às sextas, de US$ 1 bilhão. Por semana, são oferecidos US$ 3 bilhões ao mercado e, até o final do ano, o BC espera ofertar cerca de US$ 100 bilhões por meio desses leilões.

Mais conteúdo sobre:
BCdolar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.