Dólar à vista sobe ante real, na expectativa do acordo nos EUA

Cotação da moeda americana segue movimento observado no exterior, onde o dólar se fortalece diante da possibilidade de fim do impasse fiscal dos EUA

Célia Froufe e Luciana Antonello Xavier, Agência Estado

15 de outubro de 2013 | 10h14

SÃO PAULO - O dólar abriu em alta ante o real no mercado à vista, na esteira do movimento observado no exterior, onde a moeda americana se fortalece diante da possibilidade de fim do impasse fiscal dos EUA.

A alta continuou ao longo da manhã e às 11h46 o dólar no balcão subia 0,37%, cotado a R$ 2,1830. Na mínima do dia, chegou a a R$ 2,1820.

O dólar ganha força ante as principais divisas nesta terça-feira refletindo o otimismo de que um acordo para evitar o default dos Estados Unidos esteja próximo.

No Brasil, os investidores também seguem atentos aos próximos passos do Banco Central em relação às intervenções diárias no câmbio. "O mercado espera agora por alguma sinalização do BC sobre possível mudança no programa de leilões, comentou um operador de tesouraria de banco.

Leilão diário. O Banco Central vendeu todos os 10 mil contratos de swap cambial para 5 de março de 2014 ofertados hoje, no valor de US$ 497,7 milhões. O swap cambial tradicional equivale à venda de moeda no mercado futuro.

Esta operação faz parte do programa de leilões diários no mercado cambial anunciado no dia 22 de agosto e que conta com operações de swap de segunda a quinta-feira, no valor de US$ 500 milhões cada, além de leilão de linha às sextas-feiras, no total de US$ 1 bilhão. Até o fim do ano, o BC espera ofertar cerca de US$ 100 bilhões por meio desses leilões diários.

Tudo o que sabemos sobre:
BCdolar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.