Dólar abre em alta de 0,09% a R$ 2,143 na BM&F

O dólar registra ligeira valorização de 0,09% no início dos negócios no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros. A taxa de câmbio abriu a R$ 2,143 por dólar nas transações de liquidação à vista. A agenda do dia não tem grandes destaques. Assim, a perspectiva é que o mercado doméstico de câmbio opere com um olho no exterior e outro no fluxo de recursos. Alguns especialistas acreditam que desde quarta-feira alguns investidores realizam movimentos pontuais de realização de lucros e avaliam que isso pode se repetir hoje. Ontem à tarde, a realização de lucros na Bolsa de Valores de São Paulo e a rolagem dos contratos de swap cambial sustentaram uma inversão de trajetória e o dólar acabou fechando em alta. Mas esses movimentos estariam esgotados hoje. Quanto ao fluxo de recursos, as perspectivas continuam positivas e, nos últimos dias, os números confirmam isso. Segundo o Banco Central entre os dias 11 e 15 deste mês, o fluxo de recursos passou de negativo em US$ 226 milhões para positivo em US$ 954 milhões. Já a realização de lucros que teria ajudado a pressionar as cotações nos finais dos pregões de ontem e quarta-feira estariam concentradas no mercado futuro e partiriam, principalmente, dos investidores estrangeiros, que têm feito movimentos fortes de arbitragem entre dólar e real.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.