Dólar abre em alta de 0,26% na BM&F a R$ 2,152

O dólar abriu em alta de 0,26% no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros, negociado a R$ 2,152 nos contratos de liquidação à vista. O fator que mais importa hoje é a apreensão em relação à decisão sobre o juro dos EUA, prevista para amanhã à tarde. Um fator local pode impedir uma eventual alta do dólar, mesmo que o mau humor externo se consolide após a abertura dos mercados à vista nos EUA: o fluxo de recursos. Nos últimos dias, várias captações externas privadas foram concluídas e os operadores aguardam a chegada desses recursos esta semana. Cálculos do mercado apontam a possibilidade da entrada de cerca de US$ 400 milhões. Além disso, há as exportações que, salvo dias esporádicos, vêm mantendo saldo comercial positivo a maior parte do tempo.

Agencia Estado,

19 de setembro de 2006 | 09h29

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.