Dólar abre em alta de 0,38% na BM&F, a R$ 2,135

O mercado de câmbio negocia o dólar em alta de 0,38%, a R$ 2,135, na abertura do pregão viva-voz de liquidações à vista esta manhã na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). A agenda de indicadores econômicos que podem afetar o mercado de câmbio hoje está focada nos Estados Unidos. À tarde, será divulgado o livro bege, um sumário das condições econômicas do país que orienta as decisões do banco central norte-americano (Fed). Mas os investidores também vão monitorar os dados domésticos, como a inflação de abril medida pelo IPCA-15, do IBGE. O dólar registrou alta de 0,6% ontem, acompanhando a elevação dos juros pagos pelos títulos do Tesouro dos EUA, que por sua vez subiram depois que dados mostraram aquecimento da economia. Juro mais forte nos EUA significa fuga dos investidores dos países emergentes como o Brasil, resultando em alta do dólar ante o real. Também pode pressionar o dólar hoje a alta da moeda no mercado externo e ainda as remessas de dividendos, que estão mais fortes este mês. O preço do petróleo, que ontem encerrou o dia em baixa - e assim está hoje - por causa das declarações do presidente George W. Bush de que vai suspender, temporariamente, os depósitos nas reservas estratégicas de petróleo, ainda preocupa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.