Dólar abre estável a R$ 2,082

A taxa de câmbio começou o dia estável, com o dólar negociado a R$ 2,082 no mercado interbancário e no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O Banco Central conseguiu, ontem à tarde, depois de duas intervenções "agressivas" na compra de dólares no mercado à vista, levar as cotações para cima. Mas os operadores de câmbio não acreditam que essa trajetória se sustente por muito tempo. Ontem mesmo, os investidores devolveram parte da valorização e, no mercado eletrônico futuro, a moeda norte-americana encerrou a noite praticamente no zero a zero - a R$ 2,084, com alta de 0,02%. No mercado à vista, o fechamento tinha sido de R$ 2,082, com alta de 0,24%. E é esse o ritmo de estabilidade que deve predominar hoje de manhã, segundo as perspectivas dos especialistas do mercado. Até porque, a agenda de eventos econômicos desta sexta-feira é fraca e a tendência do dólar no dia se dará principalmente pelo fluxo e as expectativas em relação ao comportamento da mesa de operações do Banco Central. Para o fluxo de recursos, as estimativas são positivas. Já para o BC, alguns acham que a agressividade continuará na compra de dólares em mercado, mas outros acreditam em afrouxamento das intervenções. Lá fora, sem indicadores importantes nos EUA, as bolsas de valores se orientam por notícias corporativas e pelo comportamento do petróleo, que está em alta. Na Europa, os principais mercados acionários operam em baixa. Nos EUA, a sinalização dada pelos índices futuros de ações também é de queda. O pregão da Bolsa de Nova York só tem início às 12h30 (horário de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.