Dólar abre estável, com viés de alta por Oriente Médio

Em dia de poucos negócios após feriado e agenda esvaziada, o dólar abriu o dia estável, a R$ 2,2300. Em seguida, a moeda norte-americana bateu uma máxima, a R$ 2,2330 (+0,13%), em linha com o comportamento da divisa no exterior.

FERNANDO TRAVAGLINI, Agência Estado

20 de junho de 2014 | 09h45

A pressão de alta vem da tensão no Oriente Médio, com a escalada da violência no Iraque sustentando o dólar frente às moedas de países emergentes em meio à busca por segurança.

Às 9h28, o dólar à vista no balcão já havia perdido força, com alta de 0,09%, a R$ 2,2320. O contrato para julho, que abriu em alta de 0,25%, a R$ 2,2400, subia 0,20% no horário citado, a R$ 2,2390.

No mesmo horário, o juro da T-note de 10 anos tinha alta para 2,637%, de 2,629% no fim da tarde de ontem, enquanto o dólar subia no exterior para 102,05 ienes, de 101,94 ienes ontem. O euro recuava para US$ 1,3580, de US$ 1,3608 na quinta-feira, 19.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarOriente Médio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.