Dólar abre estável, mas já é negociado em alta a R$ 2,067

O dólar comercial abriu estável, negociado a R$ 2,061 no mercado interbancário de câmbio. Mas nas negociações seguintes, a taxa de câmbio já registrava alta, com o dólar cotado a R$ 2,067 (+0,29%). Depois de ter recuado ontem às taxas mínimas ante o real em quase um ano, a moeda norte-americana ficou no nível de R$ 2,06 apoiada em realizações de lucros e compras de dólares pelo Banco Central - que levaram a cotação a subir - por um lado, e operações de exportadores que apostam na manutenção da tendência de queda do dólar e aproveitam pequenas alta para vender dólares, por outro. E o comportamento da taxa de câmbio deve seguir assim: com tendência de queda, dependendo de notícias externas para abrir espaço para momentos de realização. Momentos esses que, imediatamente, serão aproveitados pelos exportadores, à espreita de oportunidades para vender os dólares num preço mais alto. No movimento de moedas no mercado internacional, esta manhã, a notícia de que marinheiros britânicos foram detidos por autoridades iranianas no Golfo Pérsico levou o dólar a cair ante o euro. Às 10 horas, um euro valia US$ 1,3336, ante US$ 1,3320 da virada do dia. A notícia também está movimentando os preços do mercado de petróleo em Nova York e Londres, o que pode trazer reflexos no câmbio internacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.