Dólar acelera alta após dados da zona do euro

O dólar renovou sua máxima ante o real nesta quinta-feira, 15, a R$ 2,2180 (+0,50%) no mercado à vista, pressionado pela percepção dos agentes financeiros de que os dados ruins da economia da zona do euro e os números mistos divulgados nos Estados Unidos, divulgados hoje, reforçam a perspectiva de adoção de novos estímulos em junho pelo Banco Central Europeu e a continuidade dos juros baixos nos EUA por período prolongado. Por isso, segundo o gerente da mesa de derivativos de uma corretora, a moeda norte-americana segue fortalecida no exterior e no Brasil. Na BM&FBovespa, às 11h08, o dólar para junho de 2014 subia 0,63%, a R$ 2,2270, após tocar em uma nova máxima de R$ 2,2275 (+0,65%).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.