Dólar acompanha juro dos títulos dos EUA e reduz alta

A desaceleração do juro do título de 10 anos do Tesouro norte-americano (T-Note) favorecia a alta das bolsas em Nova York e uma ligeira melhora do mercado doméstico. Às 15h35, o dólar negociado no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), reduzia a alta para 1,89% em relação ao fechamento de ontem e operava na menor cotação do dia, a R$ 2,212. O dólar comercial desacelerava a alta para 1,89% e também tocava a mínima desta terça-feira, a R$ 2,212. O Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, que hoje, no pior momento do dia, chegou a cair 1,23%, recuava só 0,07% no início desta tarde. Em Nova York, o juro do T-Note estava em 4,7402%, ante 4,7533% às 12h36 e fechamento ontem a 4,704%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.