Dólar ajusta-se à alta externa e sobe a R$ 1,59, após 3 dias em queda

Dólar à vista negociado na BM&F teve alta de 0,81% no dia, encerrando o pregão a R$ 1,5893

Silvana Rocha, da Agência Estado ,

18 de abril de 2011 | 17h16

O dólar comercial subiu 0,76% hoje e fechou a R$ 1,59 nas transações do mercado interbancário de câmbio, após ter caído nos últimos três dias da semana passada. O dólar à vista negociado na Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) teve alta de 0,81% no dia, encerrando o pregão a R$ 1,5893. No mês, o dólar comercial acumula baixa de 2,45% e no ano, queda de 4,45%. O euro comercial recuou 0,62% hoje para R$ 2,262. O Banco Central realizou dois leilões de compra de dólar no mercado à vista, nos quais as taxas de corte das propostas foram de R$ 1,5992 e R$ 1,5890.

A taxa de câmbio no mercado doméstico ajustou-se hoje à valorização externa. Apesar da redução pela agência de classificação de risco Standard & Poor's (S&P) da perspectiva do rating de crédito soberano dos EUA de estável para negativa e de o ex-presidente do banco central americano Alan Greenspan ter dito ontem que o risco de uma crise da dívida dos EUA tornou-se muito grande, a moeda norte-americana beneficiou-se hoje de um movimento de busca de proteção liderado por investidores, que saíram das Bolsas e do mercado de commodities (matérias-primas negociadas em Bolsa).

O sentimento de aversão ao risco prevaleceu ainda por causa do ressurgimento de temores com as dívidas da Grécia e de Portugal, que poderia justificar o adiamento de um novo aumento de juros pelo Banco Central Europeu (BCE). A elevação do compulsório bancário na China, o quarto este ano, já era esperado, depois do salto da inflação ao consumidor em março (5,4%, dado anualizado) no país, mas a confirmação da decisão também afetou negativamente os mercados, especialmente as commodities.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar deu um salto de 4,27% hoje, saindo de R$ 1,64 no fechamento de sexta-feira passada para R$ 1,71 na ponta de venda hoje; na compra, o dólar turismo foi cotado a R$ 1,577. O euro turismo subiu 2,11%, para R$ 2,417 na venda e R$ 2,22 na compra.

Tudo o que sabemos sobre:
câmbiodólarmoedaS&Peuro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.