Dólar amplia alta à espera do leilão do BC

O dólar ampliou a alta esta tarde, com as tesourarias de bancos na expectativa pelo leilão de compra da moeda pelo Banco Central, disseram operadores. O cenário externo exibe desempenho negativo e também contribuiu para a manutenção da alta iniciada ontem. Por volta das 14h40, o dólar negociado à vista subia 0,32%, na máxima de R$ 2,199, no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros. A máxima no mercado interbancário até o momento foi de R$ 2,20, alta de 0,32%, e, também por volta das 14h40, o dólar comercial era cotado a R$ 2,199 (+0,27%). Enquanto isso, o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo, mantém a trajetória de queda: às 14h43, caía 1,28%, para 35.388 pontos. Hoje o índice já oscilou entre a máxima de +0,83% e a mínima de -1,51%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.