Dólar amplia ganhos ante o iene com negociações fiscais

O dólar avançou ante o iene nesta sexta-feira, 11, impulsionado por sinais de que os parlamentares dos Estados Unidos fazem progressos para alcançar um acordo e evitar um calote do governo.

Agencia Estado

11 de outubro de 2013 | 18h29

Mais cedo, os republicanos e o governo de Barack Obama iniciaram um segundo dia de negociações sobre um projeto que estenderia o limite de endividamento do país por seis semanas e reabriria o governo federal. Após uma reunião, a Casa Branca afirmou que Obama tem algumas preocupações relacionadas ao projeto, mas não rejeita diretamente a ideia. Dessa forma, não há nada definido, mas, segundo analistas, as conversas dão aos operadores motivos para comprar dólar.

"Se conseguirmos uma resolução, o dólar continuará em rali ante o iene", disse Brad Bechtel, diretor da Faros Trading.

O iene foi destaque de queda ante o dólar, porque a moeda japonesa é considerada um porto seguro em tempos de incertezas no mercado. O euro e o dólar australiano subiram frente ao dólar, uma vez que essas moedas tendem a ganhar com o otimismo mais amplo do mercado.

Enquanto isso, a libra esterlina estendeu sua queda nesta sexta-feira. Dados mostraram que a produção no setor de construção caiu 0,1% em agosto ante julho, em comparação com uma alta mensal de 2,8% em julho. Economistas haviam previsto que a produção teria uma alta de 1,6% em agosto.

Desde que a libra atingiu a máxima em nove meses ante o dólar no início do mês, a divisa já caiu 2%.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia para 98,60 ienes, de 98,16 ienes no fim da tarde de quinta-feira. O euro avançava para US$ 1,3549, de US$ 1,3521, e tinha alta para 133,49 ienes, de 132,78 ienes. A libra era cotada a US$ 1,5961, de US$ 1,5971, enquanto o dólar australiano subia para US$ 0,9468, de US$ 0,9451. O índice Wall Street Journal Dollar Index, que pesa a moeda norte-americana ante uma cesta de rivais, estava inalterado em 72,80 pontos. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.