Dólar avança e puxa bolsa de Tóquio para o ganho

Após três dias seguidos de queda, índice Nikkei sobe 0,9% e fecha aos 13.459,71 pontos

29 de agosto de 2013 | 06h05

As ações na Bolsa de Tóquio fecharam em alta nesta quinta-feira, dando um fim a uma série de três dias seguidos de quedas. O dólar mais alto e uma amenização das preocupações sobre a Síria puxaram as ações de grandes empresas e exportadores para cima.

O índice Nikkei subiu 121,25 pontos, ou 0,9%, para 13.459,71 pontos, após uma queda de 1,5% na quarta-feira. Com apenas mais uma sessão em agosto, o Nikkei pode terminar o mês com o pior desempenho desde o início de sua ascensão auxiliada por políticas de combate a deflação do primeiro-ministro Shinzo Abe. Desde o início do mês, o índice caiu de 1,5%.

"Apesar dos preços relativamente baratos, os investidores de longo prazo estão operando de lado visto que o Nikkei pode cair ainda mais dependendo do potencial de ação militar dos EUA contra a Síria, e as políticas monetárias do Federal Reserve", disse Naoki Fujiwara, administrador de fundos da Shinkin Asset Management.

No entanto, algumas pessoas disseram que o mercado já começou a levar em consideração os riscos geopolíticos associados à Síria. "O mercado parece ter precificado um ataque militar temporário com um impacto limitado na economia global", disse Takuya Takahashi, estrategista sênior da Daiwa Securities.

Por causa de um dólar mais alto, os exportadores fecharam em alta com a Toyota Motor subindo 0,7% e a Denso avançando 1,5%. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
japãobolsa

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.