Dólar avança sobre iene, mesmo com dado ruim dos EUA

O dólar teve uma leve valorização nesta quarta-feira, 24, frente ao iene, mas não conseguiu ultrapassar a barreira psicológica de 100 ienes, pressionado por dados ruins das encomendas de bens duráveis dos EUA.

Agencia Estado

24 de abril de 2013 | 19h05

No final da tarde em Nova York, o dólar subia a 99,50 ienes, de 99,46 ienes da tarde de terça-feira. O euro avançava a 129,53 ienes, de 129,27 ienes da tarde anterior. Na comparação com o dólar, a moeda única europeia subia a US$ 1,3015, de US$ 1,2998 de ontem. A libra esterlina também avançava frente ao dólar a US$ 1,5267, de US$ 1,5240 da tarde de ontem.

O dólar chegou a cair na comparação com a moeda japonesa depois da divulgação das encomendas de bens duráveis nos EUA. No overnight, o dólar era cotado a 99,77 ienes, mas zerou as perdas após o dado. As encomendas de bens duráveis nos EUA caíram 5,7% em março, na comparação com fevereiro, para um valor sazonalmente ajustado de US$ 216,28 bilhões. Analistas tinham previsto uma queda bem menor, de 2,9%.

"A forte queda nas encomendas de bens duráveis em março é um outro indicativo de que, depois de um primeiro semestre consideravelmente forte, a recuperação perde o passo de novo", disse Paul Ashworth, da Capital Economics.

O dado fraco conteve a alta do dólar, que não atingiu a esperada marca de 100 ienes, aguardada pelo mercado desde que o Banco do Japão (BoJ, na sigla em inglês) anunciou estímulos maciços, que acentuaram as perdas da moeda japonesa.

Já o euro ultrapassou o patamar de US$ 1,30 devido a dúvidas de que o Banco Central Europeu faça um corte na taxa de juros. O membro do Conselho do BCE, Jörg Asmussen, disse ao jornal britânico Financial Times que a efetividade de um corte nos juros seria "limitada". A fala diminuiu as expectativas do mercado de que o BCE faça um corte em sua próxima reunião, de 2 de maio. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólareurofechamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.