Dólar cai 2,71% na abertura, mas cautela predomina

O mercado de câmbio abriu com mais tranqüilidade hoje, com o dólar negociado no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F) cotado a R$ 2,335, em queda de 2,71%. Segundo operadores, o motivo é a decisão tomada ontem pela Moody's (agência de classificação de risco), de elevar a classificação de vários Estados brasileiros, e do comportamento positivo mostrado nesta manhã pelas bolsas européias e os futuros de Nova York. Mesmo assim, os investidores não devem abandonar a cautela, cada vez mais recomendada pelos analistas, que continuam demonstrando dúvidas sobre a intensidade e o tempo do ajuste que está em curso nos diversos ativos ao redor do mundo. No decorrer do dia, as atenções estarão voltadas para os indicadores da economia norte-americana, para as reações que provocarão e as expectativas que devem ocasionar para a trajetória da política monetária dos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.