Dólar cai ante maioria das moedas com fala de Yellen

O dólar se enfraqueceu diante da maioria das moedas na sessão desta segunda-feira, 31, depois que as perdas do início do dia se intensificaram em seguida a declarações da presidente do Federal Reserve, Janet Yellen. Segundo a líder do banco central dos EUA, a economia norte-americana e o mercado de trabalho ainda estão vulneráveis.

Agencia Estado

31 de março de 2014 | 18h25

O mercado de trabalho dos EUA está abaixo do potencial e a inflação permanece baixa, destacou Yellen em discurso durante uma conferência em Chicago. Diante disso, a política de juros baixos do Fed ainda precisa ajudar a economia do país. Agora os agentes do mercado vão aguardar o relatório mensal sobre o mercado de trabalho norte-americano que será divulgado na sexta-feira.

Nesse cenário, o euro avançou, apesar da divulgação de dados que mostraram que o índice de preços ao consumidor (CPI, na sigla em inglês) da zona do euro subiu apenas 0,5% em março, na comparação com o mesmo mês do ano passado, o menor aumento anual desde março de 2009. O Banco Central Europeu (BCE) decidirá na quinta-feira se reduz mais as taxas básicas de juros ou toma outras medidas para evitar uma deflação na zona do euro.

Os investidores estão cada vez mais cautelosos sobre uma efetiva ação do BCE e essas dúvidas ajudaram a manter o euro em alta diante do dólar. Por outro lado, o iene se enfraqueceu frente à moeda dos EUA, que superou 103 ienes depois de o governo do Japão anunciar dados decepcionantes sobre o setor industrial em fevereiro. A produção da indústria japonesa caiu 2,3% na comparação com janeiro, contrariando as estimativas de alta de 0,3%.

Na máxima do dia o dólar chegou a 103,45 ienes, mas o avanço foi limitado pelas declarações de Yellen. "Os comentários ''dovish'' podem ter tirado o dólar das máximas, mas ele permanece dentro da faixa em que vem operando nos últimos dois meses", observou, Robert Lynch, estrategista do HSBC.

No fim da tarde em Nova York, o euro subia para US$ 1,3778, de US$ 1,3751 no fim da tarde de sexta-feira, e a libra avançava para US$ 1,6674, de US$ 1,6645, enquanto o dólar tinha alta para 103,21 ienes, de 102,81 ienes. Frente ao franco suíço o dólar caía para 0,8838 franco, de 0,8849 franco. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
Moedasmundo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.