Dólar cai com aposta de que juro seguirá baixo nos EUA

O dólar caiu diante das principais moedas, exceto a libra, nesta quinta-feira, 10, ainda refletindo a expectativa de que as taxas de juro continuem baixas nos EUA. Essa expectativa cresceu desde a sexta-feira passada, após a divulgação de um informe mais fraco que se previa sobre o nível de emprego nos EUA em março e foi reforçada com a divulgação da ata da última reunião do Federal Reserve, na quarta-feira.

Agencia Estado

10 de abril de 2014 | 19h09

"O dólar alcançou novas mínimas, à medida que a última semana serviu para reduzir as expectativas de uma elevação antecipada das taxas de juro nos EUA. A baixa do dólar se intensificou com as recentes decisões de política monetária no Japão e na zona do euro, que sinalizaram uma probabilidade baixa de novas medidas de relaxamento monetário no curto prazo", comentou o analista Joe Manimbo, da Western Union.

Nem mesmo o informe de que o número de novos pedidos de auxílio-desemprego caiu na semana passada ao nível mais baixo em sete anos alterou a expectativa de que as taxas de juro continuarão baixas por muito tempo. Segundo Tom Porcelli, da RBC Capital Markets, "houve um tempo em que atingir a mínima de um ciclo em número de pedidos de auxílio-desemprego era algo a comemorar. Essa não parece ser a reação apropriada neste ciclo. O cenário do emprego no momento é pontuado não pelo fato de as demissões estarem diminuindo, mas sim à falta pura e simples de contratações. Fizemos esses cálculos à exaustão, mas vale a pena repetir: o ritmo de contratações, medido pela relação entre o número de contratações e o número de empregos, está não apenas mais baixo do que a mínima do ciclo anterior, mas também mostra uma falta espantosa de impulso".

A libra recuou depois de o Banco da Inglaterra (BoE) manter suas taxas de juro e o tamanho de seu programa de compras de ativos inalterados.

No fim da tarde em Nova York, o euro estava cotado a US$ 1,3886, de US$ 1,3856 ontem; o iene estava cotado a 101,52 por dólar, de 101,98 por dólar ontem. Frente à moeda japonesa, o euro estava cotado a 140,98 ienes, de 141,28 ienes ontem. O franco suíço estava cotado a 0,8766 por dólar, de 0,8798 por dólar ontem, e a 1,2172 por euro, de 1,2188 por euro ontem. A libra estava cotada a US$ 1,6784, de US$ 1,6792 ontem. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,9414, de US$ 0,9386 ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.