Dólar cai em relação às principais moedas

O dólar caiu às principais moedas nesta terça-feira, 22, apesar de as suas perdas terem sido suavizadas após a divulgação de dados positivos dos Estados Unidos, que mostraram que a economia norte-americana parece estar no caminho da recuperação mesmo após um inverno rigoroso.

Agencia Estado

22 de abril de 2014 | 19h01

A Associação Nacional dos Corretores de Imóveis (NAR, na sigla em inglês) informou que as vendas de moradias usadas caíram 0,2% em março em relação a fevereiro, um recuo bem menor do que o esperado pelo mercado, que era de 0,7%. Já o índice de atividade industrial regional do Federal Reserve de Richmond subiu para 7 em abril, de -7 em março.

O Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) utiliza o desemprego, a inflação e outros dados como medidores para avaliar a rapidez com que a economia dos Estados Unidos está melhorando e, consequentemente, quando irá apertar novamente a política monetária. Para os investidores de dólar, taxas de juros mais altas podem aumentar o retorno sobre os ativos denominados na moeda norte-americana, aumentando, assim, sua demanda.

O dólar passou a subir em relação ao iene logo após a divulgação dos dados, no final da manhã, ocorrendo o mesmo em relação ao euro. No entanto, o movimento não se estabilizou no restante do pregão.

"A diretriz futura do Fed influencia agora muito mais do que dados ligeiramente positivos", disse o estrategista de câmbio do HSBC, Robert Lynch. "Ao fornecer orientações de que a autoridade monetária quer manter a política monetária acomodatícia e as taxas de juros baixas, o Fed contribui para que o dólar fique mais fraco em relação a algumas moedas."

O dólar também ficou pressionado em relação ao dólar australiano em meio à expectativa em torno dos números da inflação na Austrália no primeiro trimestre, previstos para serem divulgados nesta quarta-feira. Caso a leitura venha acima do teto da meta de 3%, segundo Lynch, pode forçar o BC do país a elevar as juros antes do esperado. A taxa básica da Austrália está em um recorde de baixa de 2,5%.

No final da tarde em Nova York, o dólar estava cotado a 102,62 ienes, de 102,62 ontem; o euro estava cotado a US$ 1,3806, de US$ 1,3795 ontem; a libra estava cotada a US$ 1,6828, de US$ 1,6795. O dólar australiano estava cotado a US$ 0,9368, de US$ 0,9329 ontem. Frente à moeda japonesa, o euro valia 141,66 ienes, de 141,56 ienes ontem. O dólar estava a 0,8852 francos suíços, de 0,8852 ontem e o euro valia 1,2220, de 1,2209 ontem. Fonte: Dow Jones Newswires.

Tudo o que sabemos sobre:
moedas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.