Dólar cede 0,5%, negociado a R$ 2,083 na abertura

O dólar começa a segunda-feira em queda de 0,5% no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), negociado às 9h20 a R$ 2,083. Com isso, o dólar acumula em março uma desvalorização de 1,79%. Depois de uma vasta lista de indicadores norte-americanos divulgada na semana passada, os investidores seguem cautelosos em relação à saúde da economia daquele país. Assim, mais informações que possam sinalizar o futuro da atividade e da inflação dos EUA e permitam apostas mais claras sobre os próximos passos do banco central americano continuará merecendo a prioridade nas atenções dos investidores. Pelos menos dos que operam no mercado doméstico de câmbio e que devem continuar realizando negócios acompanhando as oscilações internacionais. Mas os temores com o exterior, apesar de terem rendido alguns ajustes para cima na cotação do dólar, ainda não ameaçam seriamente as perspectivas otimistas que os investidores têm para este ano. Hoje cedo, o Banco Central divulgou os resultados da pesquisa semanal feita com as instituições financeiras, que mostrou queda nas estimativas de cotação para o dólar. Para o fim deste mês e de abril, o mercado ajustou o valor do dólar de R$ 2,11 para R$ 2,10. Para o final do ano, a cotação saiu de R$ 2,15 para R$ 2,12 e para o fim de 2008, de R$ 2,22 para R$ 2,20.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.