Dólar comercial abre a R$ 2,156, com perda de 0,32%

O dólar comercial abriu hoje em queda de 0,32% no mercado interbancário, a R$ 2,156 e, pouco depois, acelerava a perda para 0,37%, a R$ 2,155. No mesmo instante, a moeda era negociada a R$ 2,153 no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). Segundo analistas, o mercado doméstico de câmbio reagiu positivamente ao dado da inflação ao consumidor dos Estados Unidos (CPI) do mês de agosto, que veio em linha com as estimativas. A divulgação do índice provocou uma onda de compras dos títulos do Tesouro dos Estados Unidos. O papel de dez anos era negociado, às 10h31 (horário brasileiro), com taxa de juro de 4,7696%, com perda de 0,0219 ponto porcentual. Na BM&F, o contrato de dólar futuro, com vencimento em outubro, que já vinha em queda desde o início dos negócios, acentuou a desvalorização e bateu mínima de R$ 2,158. Há pouco, era negociado a R$ 2,161, com perda de 0,44%.

Agencia Estado,

15 de setembro de 2006 | 10h32

Tudo o que sabemos sobre:
finanças

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.