Dólar comercial abre em alta de 0,29% a R$ 1,758

Na BM&F, a com liquidação à vista iniciou o dia com avanço de 0,37%, a R$ 1,758

Cristina Canas, da, Agência Estado

22 de abril de 2010 | 10h09

Após um dia sem pregão por conta do Feriado de Tiradentes, ontem, o dólar comercial voltou a ser negociado hoje no mercado interbancário de câmbio e abriu em alta de 0,29%, cotado a R$ 1,758. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), a moeda norte-americana com liquidação à vista iniciou o dia com avanço de 0,37% em relação ao real, a R$ 1,758.

Quando os mercados domésticos partiram para o feriado, no final da tarde de terça-feira, nos Estados Unidos, o euro era cotado acima de US$ 1,34 e o clima internacional era de alívio em relação às tensões que haviam surgido no final da semana passada. Hoje, voltam ao trabalho com a moeda única negociada na casa de US$ 1,33 e as preocupações com a Grécia renovadas por estatísticas da Eurostat, segundo as quais o déficit do país é maior do que os dados oficiais. Isso mostra que a sensibilidade dos investidores às questões ficais da Europa continua grande e o real deve ser afetado por ela, ainda que os fatores internos também influenciem pesadamente no mercado de câmbio.

No decorrer do dia, no entanto, a agenda fornece números que podem interferir e até possibilitar a queda do dólar. O Banco Central divulga, às 10h30, a nota do setor externo de março. Um pouco depois, às 12h30, saem os dados semanais do fluxo cambial, atualizados até o dia 16 de abril.

Tudo o que sabemos sobre:
dólar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.