Dólar comercial abre em baixa de 0,11%, a R$ 1,759

Às 10h10, a divisa registrava apreciação de 0,11% negociada a R$ 1,763

Cristina Canas, da Agência Estado,

30 de julho de 2010 | 09h52

O dólar comercial abriu o dia em baixa de 0,11%, negociado a R$ 1,759 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de ontem, a moeda norte-americana fechou em queda de 0,51%, cotada a R$ 1,761. Às 10h10, a divisa registrava apreciação de 0,11% negociada a R$ 1,763. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em queda de 0,84%, a R$ 1,7462.

"O clima mais defensivo dos mercados internacionais deve impor um viés de alta também para o dólar na abertura do câmbio doméstico. Logo em seguida, o real e os demais ativos domésticos vão repercutir, junto com os mercados internacionais, o PIB dos EUA". Assim resumiu as perspectivas para a abertura dos negócios de hoje a diretora de câmbio da AGK Corretora, Miriam Tavares. Divulgado há pouco, nesta manhã, o dado da atividade econômica dos Estados Unidos mostrou alta de 2,4% no segundo trimestre, ante previsão de alta de 2,5%.

Profissionais do mercado lembram, no entanto, que hoje também é dia da formação da ptax - a taxa de câmbio calculada pelo Banco Central (BC) e que será usada para a liquidação dos contratos futuros de agosto na segunda-feira. Segundo eles, "isso pode distorcer" a trajetória esperada para as cotações no decorrer do pregão. A perspectiva de um experiente operador de câmbio é de que haja uma pressão forte para a queda das cotações da moeda norte-americana, visto que os investidores estrangeiros chegam ao fim do mês sustentando posição vendida no mercado futuro de dólar.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcâmbiocomercialBM&F

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.