Dólar comercial abre em baixa de 0,22%, a R$ 1,778

Às 10h17, a moeda registrava queda de 0,39%, a R$ 1,775

Cristina Canas, da Agência Estado,

19 de julho de 2010 | 10h01

O dólar comercial abriu o dia em baixa de 0,22%, negociado a R$ 1,778 no mercado interbancário de câmbio. No pregão de sexta-feira, a moeda norte-americana fechou em alta de 0,56%, cotada a R$ 1,782. Às 10h17, a moeda registrava queda de 0,39%, a R$ 1,775. Na Bolsa de Mercadorias e Futuros (BM&F), o dólar com liquidação à vista abriu as negociações em queda de 0,25%, também a R$ 1,778.

Hoje, o exterior deve continuar orientando os negócios. O clima neste início de semana ainda é influenciado pela preocupação com os dados macroeconômicos dos EUA, que vêm piorando. Além disso, existe forte expectativa em relação aos resultados dos testes de estresse dos bancos europeus e aos balanços corporativos.

A tensão internacional deve deixar a espera pelo resultado do Comitê de Política Monetária (Copom), na próxima quarta-feira, em segundo lugar. Isso apesar de estar em curso um movimento de ajuste das apostas do mercado para a Selic (a taxa básica de juros da economia). O consenso de uma alta de 0,75 ponto porcentual que existia até o começo da semana passada vem sendo quebrado nas mesas de operações em função, entre outros fatores, da inflação controlada e da piora dos indicadores dos EUA, que sinalizam atividade morna no exterior.

Assim, a cautela deve continuar segurando perdas maiores da moeda norte-americana, que tenderiam a ocorrer devido aos fatores internos, que continuam sendo predominantemente favoráveis. Para o câmbio, um dos destaques é a retomada das captações externas. O mês de julho registra cinco captações até agora, totalizando cerca de US$ 2,3 bilhões.

Tudo o que sabemos sobre:
dólarcâmbiocomercialBM&F

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.