Dólar comercial encerra em queda de 0,86%, a R$ 2,087

O dólar comercial encerrou a sexta-feira em R$ 2,087, após queda de 0,86%. A cotação é a menor desde 20 de março de 2001 (quando fechou em R$ 2,085). A moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 2,084 e a máxima de R$ 2,099. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista fechou cotado a R$ 2,088 (-0,81%). Em dia de formação de Ptax (taxa de referência do Banco Central), o dólar comercial trabalhou em baixa desde abertura. Isso porque o fechamento do dólar hoje definiria a Ptax, que será usada na liquidação dos contratos futuros de câmbio de maio, e os investidores que apostam na queda do dólar ("vendidos") estavam com mais força. Além disso, a queda do dólar ocorreu em meio a um movimento positivo em termos gerais para o mercado, com queda do risco Brasil e dos juros futuros e alta da Bovespa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.