Dólar comercial fecha em alta de 1,07% a R$ 2,277

O dólar comercial abriu o dia em baixa, seguindo a forte queda de ontem, mas inverteu a tendência e fechou valendo R$ 2,277 no mercado interbancário, em alta de 1,07%. A moeda norte-americana oscilou entre a mínima de R$ 2,215 e a máxima de R$ 2,292. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F), o dólar negociado à vista subiu 1,42%, para R$ 2,284. A alta do dólar justificou-se por um movimento misto de realização de lucros (a queda, ontem, foi de 3,01%) e de prevenção contra instabilidades futuras. Após uma reação inicial positiva do mercado ao relatório de emprego norte-americano, divulgado no meio da manhã e que veio em linha com as expectativas, os investidores também avaliaram que a sinalização sobre desaceleração da economia norte-americana foi mais forte do que a esperada e isso justifica os ajustes no câmbio. Foram criadas apenas 75 mil vagas na economia em maio, ante previsão de 180 mil novas vagas. No fim do dia, contudo, o dólar desacelerou a alta, na esteira do retorno do juro do título de 10 anos do Tesouro norte-americano abaixo de 5%, ante 5,106% ontem.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.