Dólar comercial interrompe quedas e fecha a R$ 2,104

O câmbio interrompeu hoje cinco quedas consecutivas e subiu, fechando na máxima, cotado a R$ 2,104 no mercado interbancário (dólar comercial) e no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros (BM&F). O dólar comercial teve alta de 0,77%, enquanto o dólar à vista acelerou 0,84%. O movimento de uma elevação mais forte da moeda norte-americana ocorreu simultaneamente às mínimas renovadas pela Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa) no período da tarde, acompanhando as fortes baixas das bolsas em Nova York. Nos Estados Unidos, as bolsas operavam em baixa de mais de 1% por volta das 16h30, influenciadas pelas preocupações dos investidores com o mercado de hipotecas de alto risco (subprime). Além disso, o Risco Brasil chegou a subir mais de 3%.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.