Dólar comercial recua 0,19% e termina a R$ 2,129

Com volume financeiro reduzido, o dólar fechou pelo segundo dia seguido em queda, e abaixo dos R$ 2,130. O dólar comercial, no mercado interbancário, encerrou em baixa de 0,19%, cotado a R$ 2,129. No pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar negociado à vista também ficou em R$ 2,129, após ceder 0,12%. As cotações oscilaram em baixa o dia todo, influenciadas pela alta das Bolsas em Nova York e São Paulo e o fluxo cambial positivo pelos segmentos comercial e financeiro. A expectativa pelo resultado da reunião do Comitê de Política Monetária (Copom), que será anunciado após o fechamento dos mercados, deixou os investidores em compasso de espera. "O rompimento do suporte de R$ 2,130 também desestimula grandes posicionamentos", justificou um operador. A redução da queda dos preços do petróleo para março em Nova York durante a tarde também beneficia as ações da Petrobras e, por tabela, sustenta o avanço da Bovespa. Às 15h54, o petróleo para março em NY reduzia a queda a US$ 54,90 (-0,25%) por barril.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.