Dólar devolve alta de ontem e cai 0,88% para R$ 1,576

Moeda fechou com a menor taxa desde 8 de abril, quando terminou o pregão a R$ 1,574

Silvana Rocha, da Agência Estado

19 de abril de 2011 | 17h07

O dólar comercial devolveu hoje a alta de ontem e encerrou as negociações no mercado interbancário de câmbio a R$ 1,576, baixa de 0,88%. É a menor taxa desde 8 de abril, quando o dólar fechou a R$ 1,574. No mês, o dólar comercial acumula queda de 3,31% e no ano, -5,29%. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar à vista caiu 0,77% e fechou o pregão hoje a R$ 1,577. O euro comercial cedeu 0,09% para R$ 2,26.

O dólar caiu no mercado global de moedas em meio ao inesperado crescimento na atividade econômica na zona do euro em abril e o bem comportado leilão de títulos da Grécia. A cautela com a situação fiscal dos EUA também pesou, após o rebaixamento ontem da perspectiva do rating de crédito soberano dos EUA pela agência de classificação de risco S&P. Hoje, a China, maior detentora de bônus do Tesouro dos EUA, pediu que o governo norte-americano adote seriamente medidas políticas para garantir os interesses dos investidores.

No mercado de câmbio doméstico, o viés de venda de dólar se mantém, apesar de o fluxo cambial efetivo estar bem mais fraco este mês, porque os investidores continuam apostando na baixa do dólar no mercado futuro a fim de se apropriar dos juros atraentes nas arbitragens com cupom cambial, disse o economista Alfredo Barbutti, da Liquidez Corretora. Nos dois leilões de compra à vista realizados hoje pelo Banco Central, as taxas de corte das propostas foram de R$ 1,5827 e R$ 1,5754 por dólar.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar recuou 1,17% hoje para R$ 1,69 na ponta de venda e R$ 1,587 na compra. O euro turismo caiu 0,83% para R$ 2,397 (venda) e R$ 2,24 (compra).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.