Dólar e iene sobem com aversão ao risco; Grécia pesa sobre euro

Acusação contra o Goldman surpreendeu investidores já nervosos com a Grécia

Danielle Chaves, da Agência Estado,

19 de abril de 2010 | 11h41

O dólar opera em alta diante de outras moedas fortes, à medida que investidores buscam segurança enquanto o choque com a acusação da Securities and Exchange Commission (SEC, a comissão de valores mobiliários dos EUA) contra o Goldman Sachs, anunciada na sexta-feira, segue reverberando nos mercados financeiros.

 

A acusação contra o Goldman surpreendeu investidores já nervosos com a Grécia, onde o fechamento do espaço aéreo cancelou uma reunião marcada para hoje entre o governo grego, o Fundo Monetário Internacional (FMI) e a União Europeia. Os investidores esperavam que a reunião fornecesse detalhes sobre como um socorro ao país poderia funcionar. Sem esses detalhes, eles fugiram do euro.

 

"Nenhuma das duas questões deverá se dissipar rapidamente", disseram analistas do Citigroup, destacando que a aversão ao risco provavelmente vai guiar os mercados no curto prazo. Com isso, portos seguros como o dólar e o iene obtiveram ganhos diante de outras moedas.

 

Uma delegação do FMI e da União Europeia chegaria hoje à Grécia, mas o cancelamento de voos provocado pela fumaça que vem sendo expelida por um vulcão na Islândia suspendeu o plano. Em consequência, o custo para garantir a dívida soberana da Grécia contra default cresceu significativamente e o euro recuou.

 

Também ajudou a elevar as preocupações a declaração feita pelo ministro de Finanças grego, George Papaconstantinou, no sábado de que deve demorar até duas semanas para que governos da zona do euro aprovem um acordo de empréstimo para seu país, se isso for necessário.

 

Às 10h18 (de Brasília), o euro caía para US$ 1,3431, de US$ 1,3506 no fim da tarde de sexta-feira. O dólar recuava para 92,10 ienes, de 92,15 ienes na sexta-feira, enquanto o euro declinava para 123,71 ienes, de 124,47 ienes. A libra operava a US$ 1,5259, de US$ 1,5393, e o dólar estava em 1,0686 franco suíço, de 1,0606 franco na sexta. O índice do dólar estava em 81,180, de 80,787. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólariene

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.