Dólar é negociado a R$ 2,05, mínima desde maio de 2006

O dólar acelerou o ritmo de queda no início da tarde e era negociado, na mínima do dia, a R$ 2,05 no pregão viva-voz da Bolsa de Mercadorias & Futuros, às 12h25. Em relação à taxa de câmbio do fechamento da sessão ontem, o dólar registra baixa de 0,89% hoje, acumulando desde o começo do mês uma desvalorização de 3,35%. No acumulado do ano, o dólar já caiu 4%. No mercado interbancário de câmbio, o dólar comercial era negociado, no horário acima, a R$ 2,052, também na taxa mínima do dia até este horário. Na máxima de hoje, até agora, o dólar atingiu cotação de R$ 2,06. A taxa de câmbio a R$ 2,05 por dólar é o menor valor desde maio do ano passado. O mercado de câmbio doméstico derruba o dólar hoje com a melhora do humor no cenário internacional. As Bolsas de Nova York operam em alta, favorecidas pela revisão para cima do Produto Interno Bruto (PIB) norte-americano do quarto trimestre de 2006. A Bolsa de Valores de São Paulo acompanha esse movimento e também sobe. Às 12h30, o índice Bovespa operava com alta de 1,27%, a 45.051 pontos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.