Dólar em alta pressiona e ouro fecha em queda

Em momentos de incerteza, investidores consideram a moeda norte-americana mais segura do que o metal precioso

Álvaro Campos e Ricardo Gozzi, da Agência Estado,

24 de julho de 2012 | 16h21

Os contratos futuros de ouro negociados na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fecharam em leve queda nesta terça-feira, com os investidores temerosos com a crise da dívida na Europa e a alta do dólar

O contrato do ouro para entrega em agosto recuou US$ 1,20 (0,1%), fechando a US$ 1.576,20 a onça-troy, após oscilar entre perdas e ganhos durante boa parte da sessão.

O governo espanhol divulgou nesta terça-feira um comunicado pedindo a implementação imediata da série de acordos de amplo alcance fechados no fim de junho pela cúpula da União Europeia. Além disso, o governo da Catalunha confirmou que pedirá ajuda à administração central. Já no caso da Grécia, fontes afirmam que autoridades da UE e do Fundo Monetário Internacional (FMI) que visitam o país encontraram dados que indicam que os gregos não cumprirão as metas de redução de dívida.

Alguns investidores compram ouro e outros metais preciosos como um porto seguro em períodos de turbulência econômica. Mas atualmente o metal não está tendo esse apelo porque os temores com uma crise de liquidez na Europa levam os investidores a dar preferência para o dólar. E a valorização da moeda norte-americana prejudica ainda mais o ouro, que é denominado em dólar e assim se torna mais caro para compradores que usam outras divisas.

Outro fator que pesa sobre o ouro nas últimas semanas é o fato de o Federal Reserve não ter dado nenhum indício de que deve adotar uma nova medida de estímulo à economia na sua reunião de política monetária de agosto. Se isso acontecesse, seria bom para o ouro, comprado como uma proteção contra a potencial desvalorização do dólar.

"O ouro continua a oscilar entre perdas e ganhos, com o sentimento mais amplo do mercado preso em uma faixa de negociação tediosa", afirmou Andrey Kryuchenkov, analista da VTB Capital. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
mercadoouro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.