Dólar fecha em queda de 0,23% a R$ 1,718

No mês, a moeda acumula queda de 2,16% e no ano, -1,43%

Rosangela Dolis, da Agência Estado,

23 de setembro de 2010 | 17h11

O dólar comercial fechou hoje em queda de 0,23% a R$ 1,718 no mercado interbancário de câmbio. No mês, a moeda acumula queda de 2,16% e no ano, -1,43%. Na Bolsa de Mercadorias & Futuros, o dólar negociado

à vista encerrou o pregão a R$ 1,7185, recuo de 0,17%. O euro comercial cedeu 0,74% para R$ 2,288.

Sem grandes oscilações na sessão e redução no volume de negócios, o dólar pautou-se pelo ambiente interno, onde fluxo positivo por causa da capitalização da Petrobrás e cautela com poder de compra de dólares pelo Fundo Soberano do Brasil (FSB), combinados, mantiveram a moeda dos EUA em desvalorização. Já no exterior, o dólar recuperou-se ante o euro, depois de dois dias de baixas - os motivos foram números ruins sobre a economia da zona do euro, preocupações com a Irlanda e aumento dos pedidos de auxílio-desemprego nos EUA.

No mercado doméstico, o fato de a Ptax de hoje ser a referência para a conversão do preço em dólar das ações da Petrobras para real no processo de capitalização da empresa não provocou fortes oscilações, como se esperava.

O BC manteve a realização de dois leilões de compra de dólares hoje. No primeiro, entre 12h16 e 12h21, praticou taxa de corte de R$ 1,7209; no segundo, entre 15h57 e 16h02, a taxa de corte foi fixada a R$ 1,7190.

No mercado de Nova York, às 16h37 (Brasília), o dólar subia ante o euro e cedia ante o iene. Era cotado por 84,34 ienes, ante 84,54 ienes no fim da tarde de ontem. No mesmo horário, o euro valia US$ 1,3317, ante US$ 1,3394 ontem.

Câmbio turismo

Nas operações de câmbio turismo, o dólar fechou em alta de 0,72% e foi negociado em média à R$ 1,823 na ponta de venda e a R$ 1,693 na compra. O euro turismo fechou em alta de 0,54% a R$ 2,413 (venda) e R$ 2,24 (compra).

Tudo o que sabemos sobre:
câmbiodólareuroPetrobrás

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.