Dólar inverte sinal e cai após alívio nos EUA

As bolsas dos Estados Unidos receberam bem os dados referentes à conta corrente do país, embora ainda mostrem hesitação, e isso refletiu positivamente no mercado doméstico de câmbio, aliviando as tensões com que os negócios começaram na manhã desta quarta-feira. A moeda norte-americana bate mínimas consecutivas ante o real, mas inverteu o sinal e passou a registrar queda em relação ao fechamento de ontem. Às 10h29, o dólar era cotado a R$ 2,103, em baixa de 0,05%. Na avaliação de especialistas, o alívio pode ser momentâneo já que os números não são suficientes para dissipar por completo as incertezas sobre a economia dos EUA.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.