Dólar negociado em Toronto sobe com incerteza sobre Grécia

No fim da tarde em Toronto, o euro estava cotado a US$ 1,4282, de US$ 1,4320 na sexta-feira em Nova York

Renato Martins, da Agência Estado ,

30 de maio de 2011 | 18h36

O dólar subiu diante do euro e do iene, em dia marcado por volume reduzido de transações, por causa dos feriados nos EUA e no Reino Unido. O recuo do euro foi atribuído às preocupações crescentes com a situação financeira da Grécia.

"O mercado está acompanhando as notícias sobre a Grécia. E parece que elas ficarão piores antes de melhorar, como de costume", disse Steve Butler, da Scotia Capital.

Nesta segunda-feira, um alto funcionário da União Europeia disse que a UE poderá pressionar os bancos privados da Grécia, que são os principais credores domésticos do governo do país, a aceitarem um reescalonamento de pagamentos como meio de dar a Atenas mais tempo para implementar seu programa de reformas. "Faz sentido que eles se engajem em uma operação como essa, para assegurar a sustentabilidade de seu país", disse o funcionário; nenhuma sugestão de que bancos estrangeiros aceitem um reescalonamento semelhante foi feita.

No fim da tarde em Toronto, o euro estava cotado a US$ 1,4282, de US$ 1,4320 na sexta-feira em Nova York; o iene estava cotado a 80,94 por dólar, de 80,75 por dólar na sexta-feira; e a libra estava cotada a US$ 1,6463, de US$ 1,6496 na sexta-feira. As informações são da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
dólareuroiene

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.