Dólar opera instável em dia de decisão do Copom

Operadores de câmbio também ficam atentos aos sinais de elevação dos juros nos EUA

Fernando Travaglini, da Agência Estado,

26 de fevereiro de 2014 | 10h41

SÃO PAULO - Em mais um dia de agenda carregada, as atenções do mercado nesta quarta-feira, 26, estão concentradas na reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central, que decide hoje sobre a meta de juros básicos ao ano (Selic) no Brasil.

Enquanto isso, os operadores de dólar avaliam também o acesso de empresas, bancos e do Tesouro Nacional ao mercado externo de dívida.

O dólar ganha força no exterior em meio a especulações sobre as ações do Federal Reserve. Segundo análise do repórter John Hilsenrath, do Wall Street Journal, a fala de terça-feira de Daniel Tarullo, membro do Conselho de Diretores do banco central dos Estados Unidos, sinaliza que o Fed pode começar a elevar juros para combater bolhas.

Assim, após abrir em baixa, o dólar à vista chegou a subir levemente, antes de retornar para a estabilidade. Às 10h33, a moeda estava em R$ 2,3490, em alta de 0,43%.

 

Tudo o que sabemos sobre:
dólarCopom

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.